5 dicas para o cadastro de produtos no e-commerce

Você tem dificuldade para atrair clientes para a sua loja virtual? Talvez o seu problema esteja no cadastro de produtos no e-commerce. Dependendo da forma como as informações são registradas, os usuários não conseguem encontrar os produtos do seu site durante as pesquisas na web.

Calma, que sempre existe uma solução para os problemas! 😄 Separamos algumas dicas para ajudá-lo no cadastro dos produtos da loja virtual. Que tal conferir? 👇

Importância cadastro correto de produtos no e-commerce

Talvez você ainda não saiba, mas a forma como você faz o cadastro de mercadorias na sua loja virtual interfere (e muito!) nas buscas desses itens na web. Sabe quando você procura por algo como “tênis nike masculino”? Pois é, as “respostas” a essa pesquisa só aparecem porque os proprietários da empresa se preocuparam em fazer o registro correto desses produtos. 

 

Veja os principais benefícios de se preocupar com essa estratégia:

Crescimento das vendas

Se as pessoas não conseguem encontrar a sua loja virtual fica ainda mais difícil de conseguir vender, certo? Pois é, por isso o primeiro passo para aumentar as vendas é e se preocupar com o cadastro de produtos no e-commerce.

Além de facilitar a procura dos usuários de internet, a descrição detalhada dos itens também ajuda a esclarecer as dúvidas dos consumidores. E as pessoas só compram quando estão convencidas de que o produto é útil para elas. 😊

Experiência de compra

Quem utiliza a internet para pesquisar produtos e efetuar compras está procurando facilidade em todo o processo. A pessoa não quer perder tempo para encontrar a melhor oferta e entender sobre o produto. Por isso, a descrição detalhada da mercadoria é um item fundamental no processo de compra.

Ao separar os itens dentro da loja virtual, incluir descrições e utilizar estratégias de SEO você vai melhorar a experiência do usuário e ajudá-lo na sua escolha.

5 boas práticas para o cadastro de produtos na loja virtual

Agora que você já conhece os benefícios de se preocupar com a organização do seu e-commerce, separamos as melhores dicas para você iniciar o processo. Veja:

1.Cadastro de produtos por categorias

A sua loja virtual vende quais tipos de mercadorias? Pesquisa outras empresas do mesmo segmento e veja como elas fazem a separação dos produtos categorias. Essa é uma maneira de facilitar a pesquisa do consumidor e agilizar o processo de compra. Se você tem um e-commerce que vende produtos de diversos segmentos, pode separá-los por:

  • artigos para casa
  • celulares
  • produtos automotivos.

Veja o exemplo da Magazine Luiza e se inspire para criar a sua página virtual.

2.Uso de técnicas de SEO

Também é fundamental utilizar técnicas de SEO na sua loja virtual. Isso vai ajudar na identificação dos seus produtos pelos motores de busca de forma orgânica (não paga). Consequentemente, as suas oportunidades de vendas também devem aumentar. 💸

Como fazer isso? Utilize uma URL amigável para identificar as mercadorias. Isso significa que ela precisa ter o nome do produto a ser vendido e não pode apresentar números e símbolos.

Cuide também na hora de escolher a palavra-chave para identificar o nome do produto. Dê preferência para os termos mais pesquisados na web para ampliar as oportunidades de conversão.

3.Escolha do título

O título do seu produto precisa conter a palavra-chave e outros termos que podem atrair a atenção do usuário. Procure incluir algumas características da mercadoria para facilitar a busca do consumidor como “Smartphone Samsung Galaxy S9 128GB Azul”.

4.Descrição do produto

Depois de escolher um bom título para a mercadoria, também é necessário fazer uma descrição completa. Procure utilizar um discurso que convença o consumidor a comprar o item, exaltando as qualidades dele. Se você vende tênis esportivos, por exemplo, pode falar sobre a marca, durabilidade, conforto para determinada atividade, entre outras vantagens.

Mais abaixo é que você coloca as especificações técnicas do produto para deixar as informações claras e precisas para o consumidor. Procure incluir dados como:

  • tamanho;
  • peso;
  • material utilizado;
  • cor;
  • itens enviados com a embalagem, entre outros.

5.Uso de imagens atrativas                    

Invista também no uso de fotos de qualidade dos produtos e de diferentes ângulos. Se você vende bolsas, por exemplo, pode mostrar imagens da parte externa, das alças e também das áreas internas das bolsas para dar uma ideia de como são as divisões.  Além disso, você pode incluir uma imagem com uma pessoa utilizando a bolsa para dar uma ideia das suas proporções. 😉

Alguns produtos também vendem melhor ao incluir vídeos com descrições e exemplos de utilização. Isso já é praticado por algumas lojas virtuais em casos de vendas de máquinas de lavar roupa e smartphones.

Pronto! Agora você já sabe como caprichar no cadastro de produtos no e-commerce. Que tal colocar essas dicas em prática para começar a vender mais?

Ah, se quiser também pode conferir outro artigo que temos aqui no blog com mais ações para você ampliar as vendas do e-commerce!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Receba novidades
da nossa nave!