Veja como atrair mais consumidores com o Inbound Marketing

Inbound marketing é uma estratégia que visa a atração de possíveis consumidores de um determinado produto ou serviço. O método se beneficia de técnicas de SEO, marketing de conteúdo e canais de distribuição como e-mail, redes sociais e influenciadores digitais, entre outros.

Se antes as empresas anunciavam seus produtos e serviços de uma força intrusiva — interrompendo a audiência com anúncios que não eram bem-vindos — com a transformação digital as estratégias para impulsionar as vendas precisaram de mudanças profundas. Nesse contexto, surge o inbound. 

Para ajudar você a entender como atrair mais consumidores com essa estratégia, reunimos as principais informações sobre o assunto neste artigo. Confira!

O que é inbound marketing?

O inbound marketing se baseia na permissão de seus potenciais clientes para iniciar o processo de comunicação. Esse processo é focado na criação de conteúdo relevante para a persona, como publicações de blog, vídeos, tutoriais e ebooks, entre outros. 

Isso significa que em vez de de interromper a telenovela que um determinado público gosta de acompanhar, por exemplo, com um anúncio genérico que apresenta os atributos de um produto e não entrega um valor para a persona, o inbound atrai esse potencial cliente por meio de informações que ele deseja ter acesso.

Pela metodologia se basear nesse processo de conquistar a atenção do potencial cliente de uma forma diferenciada, ele é conhecido popularmente como marketing de atração.

Para que serve o inbound marketing?

Como foi citado, o principal foco do inbound é atrair potenciais clientes de forma passiva, sem interromper o lead em seus momentos de lazer, e de forma geral a custo baixo. Isso porque é possível elaborar uma estratégia sem investimentos em anúncios.

Quais são as vantagens do inbound marketing?

Alcance do público certo

Apesar de as empresas que implementam uma boa estratégia de inbound marketing conquistarem 2,2 mais tráfego que as que não o fazem, o diferencial de executar o método é aperfeiçoar a qualidade do público atraído.

Com uma estratégia definida com base na persona, as chances de conquistar leads alinhados com os serviços e/ou produtos oferecidos pela empresa aumentam. Exemplo disso é que empresas que executa uma estratégia dessas, conquista em média 3,2 mais leads que as companhias que não trabalham com uma estratégia similar.

Relacionamento com clientes

Em vez de forçar o potencial cliente a consumir um conteúdo que apenas informe sobre seus próprios atributos, o inbound propõe uma relação mais próxima entre cliente e empresa por meio de conteúdos que solucionem seus problemas. 

Com isso, é gerada uma relação de confiança e os potenciais clientes passam a ser mais receptivos às mensagens enviadas pela empresa. A consequência de todo esse processo é uma relação mais estreita e um engajamento potencializado.

Persuasão

Com uma relação construída ao logo do tempo e baseada em informações sólidas, o processo de persuasão direcionado para o fechamento de um negócio se torna mais fluido. 

Isso acontece porque na estratégia de inbound, são enviados exatamente os conteúdos de que a persona precisa e é dado o tempo suficiente para o público se convencer sobre a solução oferecida.

Como ele é feito?

SEO

Um dos pilares da estratégia é a atração de forma orgânica. Segundo a Hubspot, empresa que cunhou o termo inbound marketing, 62% das pessoas pesquisam on-line antes de efetuar uma compra. 

Esse dado mostra que é necessário estar presente nos primeiros resultados da pesquisa do Google e outros motores de busca para aproveitar essas oportunidades. Por isso, uma das estratégias do inbound é produzir conteúdos otimizados com as principais técnicas de SEO.

E-mail marketing

Como citado, uma das principais vantagens da estratégia é estreitar o relacionamento entre os leads e a empresa. Todo esse processo é viabilizado devido ao email principalmente. 

Quando a estratégia ganha corpo e é preciso de escala, surgem soluções como a Hubspot, Lead Lovers e RD Station. Com essas ferramentas, é possível otimizar o disparo de e-mail e criar fluxos de nutrição estratégicos para otimizar todo o processo.

Redes sociais

Com as redes sociais é possível atrair mais leads e também trabalhar o relacionamento entre os já conquistados. Para essa última ação, uma boa alternativa é investir em anúncios de remarketing.

Quais são suas etapas?

Atração

Para o funil de inbound marketing funcionar é preciso antes de tudo atrair tráfego. Por essa razão, a primeira etapa dentro desse processo é apelidada de atração e tem o objetivo de gerar visitas para o site, blog, landing pages e qualquer outro canal da empresa que esteja pronto para passar para o próximo nível da estratégia, a conversão em leads.

Conversão em leads

De nada adianta ter um site com muitas visitas se a empresa não tem conhecimento de quem são os visitantes. Por isso, após o estágio de atração, é preciso que os visitantes sejam convertidos em leads.

Apenas dessa forma a empresa terá informações que nortearão o processo de fechamento de novos negócios.

Para essa prática, landing pages, formulários de contato, botões de chamada para ação — as populares Call to Actions — e pop-ups são ótimas alternativas.

Conversão de leads em vendas

Após passar pelos estágios anteriores, o próximo passo é trabalhar os leads para fechar um negócio. Apesar de parecer a etapa mais simples, essa é uma das mais complexas e demandará muito esforço estratégico do time de marketing

Para trabalhar esses leads e convertê-los em clientes, atue com estratégias de automação de marketing, fluxos de nutrição, lead scoring e um processo de repasse de leads para o time comercial bem definido e alinhado.

Fidelização e criação de promotores

Para tornar o processo de vendas escalável e impulsionar o crescimento exponencial é preciso que os clientes trabalhem para a empresa. Na prática, o ideal é que eles sejam os evangelizadores da marca e que tragam mais clientes além das próprias estratégias da empresa. 

Para possibilitar essa prática é preciso ter um processo elaborado de sucesso do cliente, ter um time proativo e publicar conteúdos avançados.

Conclusão

A estratégia de inbound marketing é uma ótima alternativa para conquistar leads de forma passiva, ou seja, sem interromper a ação dos potenciais clientes da empresa. Para isso, é preciso se beneficiar de canais como redes sociais, e-mail marketing, técnicas de SEO e conteúdos para o blog da empresa. 

Para colocar em prática a estratégia, é necessário trabalhar as etapas do método de forma sistêmica: atração de tráfego, conversão de tráfego em leads, conversão de leads em vendas e encantamento dos leads para o processo de criação de evangelizadores de marca. 

Sem dúvidas, essa metodologia traz ótimos resultados para qualquer tipo de negócio. Exemplo disso é o dado de que as empresas que implementam a estratégia conquistam em média 3,2 mais leads que as que não executam o método.

Gostou do conteúdo? Então assine a nossa newsletter e receba outros posts como este!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *