Marketing de Conteúdo: tudo o que você precisa saber para alcançar o sucesso

Marketing de Conteúdo, se comparado com outras estratégias de marketing, é um conceito relativamente novo e vem se popularizando cada vez mais no Brasil. Nessa guia completo da TwoWeb você vai conferir o que é marketing de conteúdo, por que investir nele, números, ferramentas e como implementar na prática uma estratégia de marketing de conteúdo eficiente, para gerar mais leads e aumentar o seu faturamento.

Desenhar uma estratégia de marketing é um desafio para muitos empresários. Vivemos em um mundo cada vez mais digital, isso é fato e precisa ser sempre lembrado na hora de traçar o seu planejamento. Neste universo, as pessoas acessam informações e conteúdos das mais variadas formas, no seu tempo e de acordo com as suas necessidades. Por outro lado, novas marcas e novos produtos surgem todos os dias, todos competindo para construir uma boa imagem e entrar na cabeça dos possíveis clientes.

Esse cenário pode assustar em um primeiro momento, a gente sabe disso, mas a realidade é simples: a sua empresa precisa estar preparada para competir pelo seu espaço nesse universo. E o marketing digital e o marketing de conteúdo surgem como duas ferramentas poderosas para garantir o seu espaço na mente e na preferência dos consumidores. Nos últimos anos, muito tem sido falado sobre o marketing de conteúdo, seus benefícios, modelos e o caminho para o sucesso. Porém, como em qualquer área, muitas também são as dúvidas, não é mesmo?

Para ajudá-lo a entender melhor este conceito e, o mais importante, como aplicá-lo na sua empresa e assim gerar mais receita para o seu negócio, preparamos um post completo sobre o assunto. Explicamos detalhadamente o que é o Marketing de Conteúdo, quais são as razões para você investir nele na sua empresa, os benefícios para a sua marca, como ele pode impactar nas suas vendas e no seu faturamento, além de números que reforçam essa importância e uma solução para ajudá-lo neste momento.

Está preparado? Continue com a gente e boa leitura!

Afinal, o que é Marketing de Conteúdo?

Vamos começar com um conceito bem simples:

Marketing de Conteúdo tem como objetivo aumentar a sua rede de consumidores e potenciais clientes por meio da criação e distribuição, das mais variadas formas, de conteúdo de qualidade, realmente valioso e relevante para o seu público-alvo.

Você deve estar pensando: mas para que tudo isso? E a resposta é muito simples! Porque desta forma você atrai a atenção e o interesse dessas pessoas, fazendo com que elas se envolvam com a sua marca e vejam valor no seu negócio, construindo uma imagem positiva da sua empresa e, consequentemente, gerando mais vendas.

Ficou mais claro? Continuando, o Marketing de Conteúdo pode ser baseado em três vantagens:

1. Autoridade e visibilidade: Todo mundo quer ser encontrado por seus clientes na internet, não é mesmo? Hoje, a web é a principal fonte de informação para muitas pessoas. Ao produzir conteúdos relevantes e que vêm ao encontro das necessidades e objetivos da sua audiência, você facilita esse processo, conquista autoridade naquele assunto, tornando-se uma importante fonte de referência, e ganha visibilidade no mercado. Tudo o que a sua empresa deseja e precisa, correto?

2. Relacionamento: Através do Marketing de Conteúdo, você se aproxima dos seus clientes e potenciais clientes, permitindo a construção de uma relação pautada na confiança e na interação. Ao oferecer conteúdos relevantes e realmente úteis, você permite que eles tomem decisões mais assertivas, além de mostrar-se sempre ali à disposição para o que eles precisarem ao longo da jornada. Esse é um dos segredos das empresas de sucesso nos dias de hoje, pense nisso!

3. Vantagem em relação aos concorrentes: Esse é o sonho de todo empresário, não é? Em um mercado cada vez mais concorrido, ao trazer um conteúdo de fato pensado para sanar as dúvidas e dores dos seus possíveis clientes, você conquista a sua confiança e uma grande vantagem competitiva. Afinal, quando precisar de um novo produto ou serviço, aquela pessoa, provavelmente, irá procurar primeiro a sua empresa, pois já tem uma imagem positiva construída na sua cabeça e sabe que você está ali para ajudá-la. Com uma marca forte e estabelecida na mente dos seus possíveis clientes, tudo fica mais fácil.

Vale a pena investir em Marketing de Conteúdo na minha empresa?

Icone de acertoChegou até aqui e ainda está em dúvida se vale a pena investir nesta ferramenta no seu negócio? Trouxemos oito motivos para você incluir agora mesmo o Marketing de Conteúdo na sua estratégia. Preparado? Vamos lá!

1. Melhorar o relacionamento com leads e clientes: Ao desenvolver conteúdos de qualidade e relevantes para a sua persona (calma, vamos explicar esse conceito daqui a pouco), a sua empresa consegue se relacionar com seus consumidores e possíveis clientes (leads) durante todo o seu ciclo de compra e em diversos momentos de contato com a marca.
Esse benefício, além de trazer vantagem competitiva e aproximá-lo das pessoas, transmite confiança e estabelece o seu negócio como referência no seu campo de atuação. Assim, as chances de este consumidor procurar o seu concorrente ou desistir da compra no meio do processo são muito menores. Ponto para você!

2. Ampliar o engajamento com a sua marca: Uma coisa é fato nos dias de hoje: as pessoas não querem criar laços com empresas que só falam dos seus produtos e procuram de todas as formas vender os seus serviços. E é neste cenário que entra a força do Marketing de Conteúdo e de uma boa estratégia de atuação.

Com conteúdos relevantes, a sua empresa estabelece uma relação de confiança e se faz presente em diversas etapas da vida do seu consumidor. Você já se colocou no lugar do seu cliente? Ele pode contar com a sua empresa para resolver problemas do dia a dia e consumir informação realmente valiosa? Assim, torna-se mais fácil fazer com que ele engaje com a sua marca. E isso nos leva ao próximo ponto.

3. Ter defensores da marca: Você já ouviu esse termo: “defensores da marca”? Sabe do que ele se trata? Essas pessoas são embaixadores da sua empresa e se tornam fundamentais no chamado marketing boca a boca. Ou seja, são pessoas que, provavelmente, irão falar bem da sua marca para outras, disseminando assim o seu negócio.
E não adianta, o boca a boca ainda é muito forte e importante para empresas de todos os portes. Cada pessoa que indica o seu produto e/ou serviço para outras gera muitos leads que, provavelmente, irão procurar o seu negócio quando sentirem necessidade. E aqui o Marketing de Conteúdo é determinante, tanto para criar defensores da marca, quanto para estar preparado para nutrir e desenvolver a confiança das pessoas para as quais eles indicarem o seu negócio.

4. Ganhar visibilidade: O Marketing de Conteúdo também é uma ferramenta e tanto para aumentar a visibilidade da sua empresa nesse universo online. Isso inclui blogs, sites, redes sociais, buscador do Google, fóruns, etc. Com um bom posicionamento nestes ambientes, você será encontrado com mais facilidade e irá aparecer para seus clientes e leads. Lembre-se sempre: “quem não é visto, não é lembrado”. Essa é uma das chaves para o sucesso em um mercado tão competitivo!

5. Estar presente de diversas formas na vida do seu cliente: O bom do Marketing de Conteúdo é que ele traz diversas formas de interagir e entregar conteúdo de qualidade às pessoas: blogs, redes sociais, e-mail marketing, SEO, e-books, webinars, podcasts e por aí vai. Ou seja, você tem múltiplas possibilidades de impactar e estar presente no dia a dia do seu público-alvo.

6. Trazer conteúdo relevante para nutrir os leads: Conteúdo de qualidade é muito importante para nutrir o seu público-alvo e, para isso, uma estratégia forte e estruturada faz a diferença. Para desenhar essa nutrição de leads, aproveite todos os canais que estão à sua disposição: redes sociais, landing pages, e-mail marketing, SEO, entre muitos outros. E qual a melhor forma de alimentar esses canais? Com materiais desenvolvidos pensando no seu público-alvo, na persona, nas suas dificuldades, dúvidas e dores.

7. Aumentar as suas vendas: E esse é o objetivo de toda empresa, não é mesmo? Trazer mais vendas, o que aumenta também o faturamento e os lucros do seu negócio. E aqui o Marketing de Conteúdo também desempenha papel fundamental. No momento em que precisam de um novo produto e/ou serviço, as pessoas tendem a se lembrar das marcas que estiveram ao seu lado em todos os momentos.

Se você for aquela empresa que a ajudou em uma hora de dúvida ou indecisão, que trouxe a informação correta quando ela precisava, que esteve ali disposta a atendê-la, são grandes as chances de sua marca ser a escolhida em uma tomada de decisão de compra. E o Marketing de Conteúdo também ajuda a motivar uma venda. Quer exemplos? Que tal trabalhar cases e depoimentos de clientes? Explorar as vantagens dos seus produtos e/ou serviços em vídeos e imagens? Já pensou nisso?

8. Trabalhar com seus clientes no pós-venda: Você acha que o relacionamento com o seu cliente acaba com o fechamento da venda? Aí que você se engana. A fidelização de um cliente e a sua recorrência são fundamentais para o faturamento da empresa e impactam muito nos seus resultados. Um cliente satisfeito e feliz tem mais chances de retornar, além de recomendar a sua marca para outras pessoas.

Ou seja, o pós-venda é determinante e esse relacionamento construído precisa ser alimentado para a sua empresa não cair no esquecimento. É aqui que, mais uma vez, os materiais e as estratégias do Marketing de Conteúdo se fazem presentes. A confiança de um cliente precisa ser alimentada sempre!
Agora que você já sabe o que é o Marketing de Conteúdo e os motivos para investir nessa ferramenta, vamos mostrar como construir a sua estratégia para alcançar o sucesso e gerar mais vendas para sua empresa.

Vamos deixar os números falarem por si…

Homem no microfone

Você ainda está em dúvida se vale a pena investir em Marketing de Conteúdo? Essa estratégia é válida para a sua empresa e para o fortalecimento da sua marca? Será que o Marketing de Conteúdo realmente irá impactar nas suas vendas? E nos seus resultados? Calma! Continue lendo o nosso material.

Separamos alguns dados que reforçam a importância do Marketing de Conteúdo na atualidade. Em primeiro lugar, vamos analisar o nosso comportamento: quanto tempo você passa diante da televisão? E na internet? A audiência da Rede Globo, por exemplo, caiu 38% entre 2001 e 2014. Isso mostra que a TV aberta vem perdendo espaço no dia a dia das pessoas.

E para onde essas pessoas estão indo? Você sabia que, no Brasil, a audiência média do YouTube é de 60 milhões de visitantes únicos todo mês? Já quando falamos de Internet, segundo uma pesquisa de 2014 da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, o brasileiro maior de 16 anos gasta cerca de 3h40 por dia navegando.

E o Facebook? Por ali os números também são surpreendentes. De acordo com a consultoria eMarketer, quase 90 milhões de brasileiros estão nesta rede social, atrás apenas da Índia e dos Estados Unidos. Outro dado super relevante da comScore: 74% das pessoas pesquisam na Internet a respeito de serviços e produtos antes de realizar uma compra.

E os números no marketing?

Falando um pouco mais de marketing, de acordo com uma pesquisa realizada pela iContact, clientes que foram impactados via e-mail marketing costumam gastar 83% a mais nas suas compras.

Uma pesquisa da Demand Metric apontou que o Marketing de Conteúdo custa 62% menos e gera 3x mais leads quando comparado ao Outbound Marketing. E de acordo com o Content Marketing Institute, mais de 70% das empresas aumentaram a quantidade de conteúdo produzido em 2014.

Ou seja, o Marketing de Conteúdo não é mais uma tendência, mas sim uma necessidade para empresas de todos os portes que desejam se estabelecer no mercado, vencer seus concorrentes, construir uma marca sólida e manter uma relação de confiança com seus clientes. Temos certeza que é isso que você deseja para a sua marca, é isso que a sua empresa precisa para ir mais longe.

Como colocar o Marketing de Conteúdo em ação?

Agora que você já entendeu o que é Marketing de Conteúdo e os benefícios para a sua empresa, que tal começar a desenhar as suas estratégias e colocar tudo isso em prática? Vamos ajudá-lo a dar os primeiros passos nessa jornada e desenvolver um plano focado em resultados, para que eles logo comecem a aparecer. Preparado?

Computador com Imagens de MarketingO conceito de persona: Em primeiro lugar, você precisa definir a sua persona. Você deve estar se perguntado: por quê? A resposta é muito simples, o Marketing de Conteúdo é centrado no cliente (ou possível cliente) da sua marca. Desta forma, você deve conhecer essa pessoa a fundo, seus hábitos, comportamentos, necessidades, dúvidas e o que ela realmente procura de informação e conteúdo para ajudá-la no seu dia a dia. É aqui que entra a persona!

Mas o que seria isso? Persona é uma representação fictícia daquele que seria o cliente perfeito. Ela é desenhada partindo de dados reais que envolvem características demográficas e pessoais do seu cliente, como seu comportamento, seus desafios, preocupações, objetivos e desejos, onde ele vive, que idade tem, como é a sua rotina, a sua família, o seu emprego, seus gostos, hábitos de lazer, etc. Tudo vai depender do tipo de produto e/ou serviço que a sua empresa oferece e em que momento ele é relevante para essas pessoas.

E onde conseguir essas informações? A melhor forma é realizando de fato uma pesquisa com a sua base de clientes ou possíveis clientes para ser assertivo. Vamos exemplificar para deixar tudo mais claro. Imagine que você possui uma empresa que fornece sistemas de gestão financeira para pequenas empresas, qual seria a sua persona?

Maria tem 30 anos e acabou de abrir a sua primeira empresa: um salão de beleza. Ela precisa controlar o fluxo de caixa com segurança para evitar problemas no faturamento, lidar com o estoque para evitar excesso e falta de produtos, além de gerenciar a sua equipe de trabalho, contando sempre com pessoas motivadas e dispostas a atender o cliente da melhor forma possível. Maria é casada, tem dois filhos pequenos, costuma consumir informação na internet de forma rápida e dinâmica, pois não sobra muito tempo na sua rotina para isso. Gosta muito de acessar as redes sociais. Ela está em busca de uma solução que ajude a controlar a parte operacional e financeira da sua empresa, sobrando tempo para outras atividades.

A partir deste descritivo da sua persona, você consegue decidir o tipo de conteúdo que precisa produzir para atingir seus objetivos, os temas que serão abordados e onde eles devem ser disponibilizados para alcançar o seu público-alvo. Que tal começar agora mesmo a desenhar a sua persona? O conceito de persona vai muito além do Marketing de Conteúdo, ele pode ajudar a sua empresa a entender melhor o seu consumidor e isso contribui para o desenvolvimento de produtos e serviços que realmente impactem positivamente no seu dia a dia.

As ferramentas disponíveis

Para desenhar a sua estratégia de Marketing de Conteúdo, após conhecer a fundo a sua persona, chegou a hora de levantar quais os meios mais eficazes para conseguir se comunicar com ela e, assim, impactá-la. São muitos os recursos e ferramentas existentes a sua disposição, tudo vai depender do seu plano.

Voltando às ferramentas, listamos abaixo algumas opções:Voltando às ferramentas, listamos abaixo algumas opções:Imagem de um blog

1. Blogs – Uma excelente forma de trazer conteúdos relevantes para a sua persona sobre os mais diferentes assuntos. O ponto forte do blog é que todos os materiais ali veiculados podem ser replicados em outros locais, como nas redes sociais, o que facilita o seu poder de penetração. (E claro que você pode contar com a TwoWeb, que é especialista na produção de conteúdo para blogs).

2. Landing Page – Página especial dedicada a apresentar melhor o seu produto/serviço. Muito usada para capturar algum tipo de contato (e-mail ou telefone do seu futuro lead).

3. E-book – Quer aprofundar a abordagem sobre algum tema específico? Os e-books são ótimos aliados para tratar um assunto com mais profundidade. Servem também como ‘isca’ para capturar o e-mail do futuro lead e assim iniciar uma comunicação com ele. Para isso, você pode disponibilizar o seu e-book apenas para visitantes que preencherem um formulário contendo nome, e-mail e telefone, por exemplo.

4. Webinar – Muito usado para fazer demonstração de produtos ou serviços, é uma forma de comunicação em que uma pessoa faz uma transmissão e várias outras assistem, uma webconferência. Quem assiste tem contato com quem está transmitindo via chat e pode fazer perguntas em tempo real.

5. Podcast – Forma de transmitir arquivos pela internet. Você pode, por exemplo, gravar um áudio aprofundando sobre um tema específico que domina e disponibilizar toda semana em sua página. Os visitantes poderão baixar ou escutar online. É uma ótima ferramenta para deixar o relacionamento mais pessoal.

6. Cases de clientes – Por que não mostrar histórias de sucesso e pessoas que chegaram lá graças à ajuda da sua empresa? Essa é uma ótima forma de chamar a atenção positivamente para a sua marca.

7. Redes sociais – As redes sociais estão presentes no dia a dia da maioria das pessoas. A sua empresa e a sua marca precisam estar lá e, o mais importante, ativamente. Interagindo, iniciando conversas e trazendo conteúdos de qualidade para os seus seguidores. Lembre-se de desenhar uma estratégia para cada rede social.

8. SEO: Otimização para buscadores – São técnicas e estratégias que visam melhorar o posicionamento do seu site/blog no Google e outros buscadores.

9. Infográfico – Aprender sobre algo novo ou aprofundar os conhecimentos sobre um assunto que já domina de forma visual é muito melhor, não é mesmo? Infográficos são peças (desenhos ou imagens) que divulgam conteúdo com um forte apelo visual, para facilitar a compreensão do visitante.

10. E-mail marketing – Essa é fácil e todo mundo conhece, certo? São e-mails enviados para os leads ou clientes (que permitiram receber) para divulgar algo. Pode ser um aviso, uma promoção ou um simples contato com a finalidade de conversão com o lead/cliente.

11. Newsletter – E-mails enviados com uma frequência determinada (1 vez por semana, por exemplo) e que podem tratar de assuntos que o visitante informou previamente que deseja receber.
E em todas essas ferramentas, o que realmente importa? O CONTEÚDO! Quanto mais qualificado e aprofundado ele for, melhor. Você precisa, além de cativar o seu cliente ou lead, de fato ajudá-lo no seu dia a dia. Desta forma, ele irá consumir mais seus materiais, visitar seu blog, participar dos seus webinars, baixar seus ebooks, seguir as suas redes sociais… iniciando assim a sua jornada com a sua marca e empresa, até sentir-se seguro para a compra.

Além do conteúdo a ser entregue, é muito importante analisar de que forma irá acontecer essa entrega, como a informação chegará até ele, e aqui a necessidade de desenhar a persona e seus hábitos de consumo se torna mais uma vez evidente.

Nesta área do Marketing, a boa notícia é que é possível fazer testes e mudar a estratégia com relativa rapidez. Então, o segredo é sempre mensurar o que você está fazendo e quando os números não estiverem interessantes, talvez seja a hora de testar algo novo. Aquele post no Facebook não teve o engajamento esperado, que tal mudar a chamada ou a imagem? E aquele post no blog não foi tão acessado? De repente mudando o título ou revisando as palavras-chave escolhidas os indicadores melhorem. E, claro, não esqueça de sempre acompanhar o que os outros estão fazendo. O famoso Benchmarking. Falaremos melhor dele na sequência.

Benchmarking

Você sabe o que significa benchmarking? Já aplica essa ferramenta na sua empresa? O benchmarking é uma prática muito comum no universo empresarial, que consiste em uma série de processos para comparar e analisar as práticas e os processos adotados por outras empresas, sejam elas concorrentes ou não. A ideia aqui não é copiar o que os outros estão fazendo, mas sim aprender novas técnicas e melhorar o que for possível na sua empresa.

Quando falamos de Marketing de Conteúdo, o benchmarking se torna essencial. É sempre muito importante acompanhar o que outras empresas estão fazendo, como elas se comportam nas redes sociais, como fornecem o seu conteúdo, como o seu site está construído, quais palavras-chave elas estão bem posicionadas, que linguagem utilizam, que materiais estão fornecendo, etc. Todos esses são pontos fundamentais na hora de pensar na sua estratégia. 

Que tal fazer um levantamento de empresas que se destacam no Marketing de Conteúdo para sempre acompanhar? Dali você pode tirar ótimos exemplos e ideias para o seu negócio.

Funil de Vendas

Funil do Conteudo

Esse conceito não é estranho para você, certo? O funil de vendas é uma representação dos estágios que o seu possível cliente passa até a conclusão da compra. Dividido em três partes: topo (aprendizado e descoberta), meio (reconhecimento do problema e considerando a solução) e fundo (decisão de compra), o funil de vendas tem papel determinante para definir as estratégias de marketing de uma empresa. E com o Marketing de Conteúdo não é diferente. Cada etapa do funil exige conteúdos diferentes com o objetivo de que o cliente passe de uma para a outra, até chegar ao fundo.

No topo do funil, a pessoa está na fase de descoberta de interesse. Ela ainda não sabe que necessita do seu produto e/ou serviço, e você precisa despertar essa necessidade através de conteúdos. Para isso, todo o material tem que ser de fácil acesso e consumo, como um post no blog, além de trazer informações de fato relevantes.

Na próxima etapa, o meio do funil, este possível cliente já descobriu um problema e está atrás de possíveis soluções, ou seja, um passo a mais no processo de decisão de compra. Neste momento, o conteúdo deve se manter informativo, mas trazendo soluções sem falar demais da sua empresa. Uma boa alternativa é capturar os dados desta pessoa, como por meio de um formulário, oferecendo algo em troca, como um ebook ou um webinar. Ao levantar esses dados, você pode iniciar uma trabalho de qualificação dessa pessoa e estreitar o relacionamento.

Por fim, no fundo do funil, a pessoa está em um estágio de avaliação para tomar uma decisão de compra. É neste momento que você deve oferecer mais informações para ajudá-la a decidir pelo seu produto e/ou serviço. Cases de clientes e demonstrações do produto são fundamentais nessa fase. Esse é o momento de falar da sua empresa, de mostrar as suas vantagens, de compará-lo com a concorrência e destacar os seus pontos fortes.

Entender o funil de vendas é muito importante para ser mais assertivo na hora de desenhar as suas estratégias de Marketing de Conteúdo e colocá-las em prática. É fundamental compreender em qual etapa do funil cada pessoa se encontra, só assim a sua empresa alcançará os melhores resultados, pensando no material ideal para cada momento da jornada de compra. Afinal, acima de tudo, o seu conteúdo precisa ser eficiente, não é mesmo?

Conclusão

A verdade é que o Marketing de Conteúdo chegou para ficar. Se a sua empresa ainda não parou para refletir e desenhar as suas estratégias, você está perdendo tempo. Hoje, as pessoas querem mais do que consumir produtos, elas querem engajar com marcas que estão ali para ajudá-las quando necessário, querem falar e ser ouvidas, querem empresas responsáveis, verdadeiras e que transmitem confiança nas suas relações.

Marketing Notebook

O Marketing de Conteúdo vem justamente agregar esses valores a sua marca. Quanto mais pessoas acessarem os seus conteúdos, maior o número de leads gerados e, se forem bem nutridos, maior o número de vendas e maior o seu faturamento. Conteúdo de qualidade é mais do que a apresentação da sua empresa, é ponto crucial para o sucesso de qualquer empreendimento.

É preciso estar preparado para esse novo perfil de cliente e o poder da Internet e das redes sociais. São muitos sites, blogs, páginas no Facebook, ebooks, vídeos, etc. à disposição das pessoas hoje em dia. Sabemos que conquistar o seu espaço se torna cada vez mais concorrido e difícil. A verdade é que apenas conteúdos realmente de qualidade irão se destacar e ser de fato lidos e ouvidos. O desafio é grande, é preciso estar por dentro do Marketing de Conteúdo e preparado para mergulhar neste universo.

Se você estiver precisando de ajuda para desenhar as suas estratégias ou procurando uma agência de qualidade para desenvolver e elaborar os seus conteúdos, você está no lugar certo! Aqui na TwoWeb, nós estamos prontos para auxiliá-lo e entregar os melhores textos, de acordo com a sua persona e as suas necessidades. Vamos fazer a sua estratégia de Marketing de Conteúdo decolar e, juntos, alcançaremos os melhores resultados para a sua empresa. Conte conosco!

Bem-vindo ao universo do Marketing de Conteúdo e desejamos muito sucesso nessa jornada!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *